USUCAPIÃO - REGULARIZAÇÃO IMOVEIS - BACKOFFICE PARA ADVOGADOS E PROFISSIONAIS DO RAMO IMOBILIÁRIO - 51. 9 98 88 13 15

ARARANGUA  

 
 
 

 

 

      
 
   
 
O QUE ESTAMOS PENSANDO A RESPEITO...
 
 
LEITURAS COMUNITÁRIAS E O PDA
Participamos da Audiência Pública para a apresentação do Relatório Final das Leituras Comunitárias do Plano Diretor de Araranguá no dia 30/03/2010 no ATC. No nosso entender a apresentação deveria ser conduzida pelo Arquiteto Nelson Prochmann e pelo Secretário Leonardo Tiscoski, responsáveis diretos pela compilação das manifestações comunitárias. Os pontos que faltaram poderiam ser anotados e apontados durante ou após a apresentação. 
A Hardt Engemin deveria ter ficado ouvindo para familiarizar-se com o jeito da população araranguaense.tadeusantos.blogspot.com/2010_04_01_archive.html

O Plano Diretor é como uma residência bem projetada, a família a usufrui por vários anos sem aparecer problemas. Por isso que sempre estivemos acompanhando o processo iniciado na década de 2000 em paralelo com o processo de Duplicação da rodovia BR-101, dos quais dois grandes erros foram cometidos com o PD de Araranguá. Primeiro foi a concepção de um projeto contemplando apenas o perímetro urbano (um erro imperdoável com alto custo aos cofres do município) e o segundo erro imperdoável foi do DNIT/MT incluir como medida compensatória a elaboração de planos diretores nas faixas de 200 metros de ambos os lados ao longo da rodovia e mais tarde incluindo a elaboração de todo o município. Para dar prosseguimento a esta empreitada, o órgão federal contratou a CODESC para cuidar da licitação do trecho entre Palhoça e Passo de Torres. Outro grande erro!

A coisa ficou tão complicada na época que a FECAM entrou com uma ação judicial para solucionar o imbróglio entre os dois órgãos governamentais. Quem venceu a licitação foi o Consórcio Hardt Engemin de Curitiba/PR, porém é a empresa Hardt que elabora todos os planos diretores dos 34 municípios, por um valor aproximado de seis milhões de reais. Deste total dois milhões foram gastos com mapas cartográficos, restando quatro milhões para a empresa do qual não sabemos o real nome. Se realmente viessem a cumprir o edital seria pouco para elaborar planos diretores realmente sérios e idôneos, mas como estão ‘’compilando’’, o valor então pode passar a ser alto. Como não temos dados e informações precisas, então não entraremos nesta discussão da correta aplicabilidade do recurso público, mas do péssimo resultado dos planos diretores dos municípios que receberam este verdadeiro ‘’presente de grego’’. 

OBS. I. Vários municípios já levaram ao MPF denúncias sobre flagrantes divergências nas apresentações dos trabalhos do Consórcio Hardt-Engemin. 
http://tadeusantos.blogspot.com/2011/02/o-plano-diretor-de-ararangua-em-2011.html

jan2012
Tadeu, não consegui postar comentario no teu Blog, de público aqui, meus sinceros  parabens por toda a tua trajetoria de luta ambiental e especialmente por esta "parte" da nossa Santa, e muito Bela, Catarina! não me contive e publiquei (mesmo sem a tua autorização prévia, o que faço agora) teus comentarios sobre o Plano Diretor de Ararangua.  Este Site esta ainda em construção, ajudaria muito a tua colaboração. Um grande abraço- gbexiga@globo.com 
Minha foto

Araranguá, Sul de SC, Brazil

 

                                           USUCAPIÃO 

  SERVIÇOS EM BACKOFFICE PARA ADVOGADOS E PROFISSIONAIS DO RAMO IMOBILIÁRIO

serviço de BACKOFFICE, a advogados e profissionais do ramo imobiliário podem ser consultadas pelo fone (51) 991524291 ou no whatsapp 51 - 998881315

SERVIÇOS COMPLEMENTARES PARA AÇÕES DE USUCAPIÃO, NAS DIVERSAS MODALIDADES

 Levantamento topográfico - Memoriais descritivos - Preparação de Atas - Identificação e cadastramento - Requerimentos - Encaminhamento cartorial - 

 

alinhamentos alinhamentos

DECLARAÇÃO MUNICIPALDECLARAÇÃO MUNICIPAL

IDENTIFICAÇÃO AEREAIDENTIFICAÇÃO AEREA

 

 

 

 

 

 SOLICITE UMA AVALIAÇÃO 51-998881315