USUCAPIÃO - REGULARIZAÇÃO IMOVEIS - BACKOFFICE PARA ADVOGADOS E PROFISSIONAIS DO RAMO IMOBILIÁRIO - 51. 9 98 88 13 15

 

ATENÇÃO ESTAMOS  ATUALIZANDO INFORMAÇÕES SOBRE PLANOS DIRETORES DOS MUNICIPIOS GAUCHOS - CONSULTE POR E-MAIL OU TELEFONE  - COM SENHA ACESSAR O FORMATO RESTRITO - DPTO/ INFO

 

PLANO DIRETOR, A CONTRATAÇÃO NO BALAIO 

          "uma cidade à beira de um ataque de nervos"

 

Tentando entender... 


...A União e o Meio Ambiente, QUEM BATE MAIS?Os Planos contratados em conjunto... plano balde?Ocupação à beira  do Rio Mampituba, uma questão de reflexão?Praias vendidas em pacotes. Pacopraia?Miratorres, Belatorres, é tudo aqui, mas o nome é ali...Era uma vez um Prefeito... Onde anda o Alemão?Loteamento ao "arrepio da Lei" e o pessoal comprando...

 
...

Da Ábaco é a ponte sobre o Rio Mampituba, unindo os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, A Ábaco Ipiranga investiu R$ 3,5 milhões em recursos próprios no projeto. Em troca, a prefeitura de Passo de Torres (SC) repassou 700 terrenos a serem urbanizados pelo grupo privado. A ponte, com 118 metros de extensão e 11 metros de largura, era reivindicada pela comunidade local havia mais de 20 anos. (Por Ana Paula Tavares, 30 de março de 2009, redação Giro Urbano.
Fonte: Aquarela FM)

...
Dizem que a Abaco tem mais de 3.600 lotes projetados, aprovados? Sera verdade?
... 

NO EXTREMO SUL DE SANTA CATARINA, A ÁBACO MARCA PRESENÇA DE FORMA INOVADORA, CONTRIBUINDO PARA O DESENVOLVIMENTO E VALORIZAÇÃO IMOBILIÁRIA DA LOCALIDADE 

No município de Passo de Torres, microrregião do extremo Sul de Santa Catarina cercada de muitos lagos e rica vegetação, há alguns anos a Ábaco vem trabalhando de forma interativa com a comunidade local. Um conjunto de projetos vem sendo desenvolvido com vistas a aumentar a valorização imobiliária e a qualidade de vida dos habitantes da região. Proprietária de 700 lotes localizados em Passo de Torres, em 2008, a Ábaco assumiu com recursos próprios a construção da ponte sobre o rio Mampituba. Com 118 metros de extensão, a ponte hoje une os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.  A Ábaco investiu também em projetos de melhoria da pavimentação e saneamento daquela localidade, incluindo a repavimentação da Avenida Interpraias.
...


Valorização local

A aposta da Ábaco em Passo de Torres tem preparado a região para um crescimento rápido e autossustentável. O retorno dos investimentos realizados já pode ser percebido pelo Município, tanto através da valorização imobiliária ocorrida no último ano, quanto pelo fluxo turístico às atrações locais a partir do acesso facilitado às 24 praias da região. Muito calmas, limpas e seguras, as praias Rota do Sol, Rosa do Mar, Barra Velha, Praia do Passo e Bella Torres se destacam pela infraestrutura. (site abacobrasil.com.br)

... 

A Empresa/Consorcio Hardt/Engemin, é a responsavel pela elaboração de 34 Planos Diretores em SC, incluindo o de Passo de Torres, apesar de estar qualificada por concorrencia publica, não  podemos concordar com este volume de soluções para desenvolvimento e demais situações das cidades envolvidas, tendo em vista que as peculiaridades, em ordem crescente no adjunto da solução, tornam-se extremamente complexas quando enviadas para o caminho da orientação premeditada. Já se encontram no limiar da coerencia urbana. Posam suas estruturas constituidas em desalinho com classicismos, para alinharem-se aos inumeros problemas indissoluveis, quando não tratados adequadamente, especialmente, por conhecedores intimamente ligados aos usos e costumes locais.

O conhecimento local, o desafio de antropologicamente avaliar o  desenvolvimento urbano, passa de mero julgar historico para qualificar a analise conjuntural, passado/presente/futuro, e gerar as areas de zoneamentos, preliminares de ocorrencias determinadas por identificações conclusivas. Unicamente adquiridas por tecnicidade e propriedades logicas de conhecimento empirico. (gbexigablogspot)

COMENTARIOS
 
 

 
 

                                                                                                                                               


 
ELEIÇÕES
 
Não conhecemos o Sr. Juarez Godinho, eleito Prefeito mas, por informações de amigos, que o conhecem, já estamos apoiando sua administração, tanto que, a  equipe do planodiretor.com se colocou à disposição do Sr. Prefeito para uma avaliação das condições locais de regularização fundiaria.
Prefeito conte conosco.
Nossa "turma" de apoio:
Areas:
ANTROPOLOGIA URBANA - profissional com especialização
DIREITO URBANISTICO - profissional com especialização
PLANEJAMENTO URBANO - profissional com especialização
PLANEJAMENTO HABITACIONAL - profissional com especialização
DESENHO URBANO - profissional com capacitação
TIPOLOGIAS URBANAS - profissional com capacitação
ENGENHARIA/ADMINISTRAÇÃO/COMERCIO URBANO/ 
 
 
 
 

 
 
Cheguei numa daquelas reuniões para "participar" do Plano Diretor da cidade...Não tivesse ido com um amigo o desastre teria sido total, saímos e jantamos no Amarelinho, hoje  pintado de verde(?), o peixe estava ótimo.
Mas, voltando ao "Tal", a candidata a explicação não sabia nada sobre a cidade, e veio para demonstrar como seria "montado o Plano"...
Estava mais para Plano de Fuga, do que Plano Diretor... enfim, uma questão de paciencia.

Ocupação da Orla

O MP diz que não é bem assim, os ocupantes prometem resistencia, a aí?

 

Fala Prefeita...

A Presidente da Camara de Vereadores assumiu, assumiu?
    Nem ví.

QUANDO VOU VER SERIEDADE ?

Estavamos alí sentadinhos feito "guri na missa ", e aquela senhora tentando nos dizer como seria o Plano de Desenvolvimento da Cidade.
"Uma cosa de loco", uma extraordinaria revolução nos conceitos de desenvolvimento implantados até hoje.. O meio ambiente, a sustentabilidade, os "mecanismos" de combate as ocupações etc. Tudo muito na dela, mas quando nos disse que foram contratados para "fazer" mais de (nem lembro), mais de, olha gente, era mais de uns tantos (acho até que falou em 34).
Tenham dó!!!

Gauderiando... (nov2011)


 


SÓ NA MILONGA...

E sabem porque estes PLANOS DIRETORES estão saindo a galope? Estatuto da Cidade... deu prazo no Brasil, ja se sabe, é pra dar correria, fica tudo pra ultima hora e se contrata uma mesma empresa, (entrou nesta só na "milonga", e vai levar muitos "pilas").
6 milhões! sem contar os reajustes... porque a Camara atrasou... o Prefeito vetou... a secretaria não digitou... os vereadores... e o povo fica esperando e pagando a festa! e o pior; é o (suposto) controle descontrolando tudo! Na medida em que a "toque de caixa" vão saindo os Planos, cópias relativas uns dos outros, diga-se, não poderia ser de outra forma (34!).
Não adquirimos aversão ao manejo de tantos Planos simultaneos por mero desdouro, mas basicamente em função da pluralidade de fatores locais, de dificil avaliação à distancia.
Cremos na capacidade técnica dos envolvidos, da competencioa para prover uma cidade de seus dispositivos de controle, de desenvolvimento etc. Só não é possivel entender como executar esta tarefa em tão curto espaço de tempo e é neste diapasão que  o custo/beneficio, base teorica dos discursos publicos,  entra em colapso.
 
©
 

mapa digital de PASSO DE TORRES - ©  gbexiga@globo.com
 
 
LEITURAS COMUNITÁRIAS E O PDA
Participamos da Audiência Pública para a apresentação do Relatório Final das Leituras Comunitárias do Plano Diretor de Araranguá no dia 30/03/2010 no ATC. No nosso entender a apresentação deveria ser conduzida pelo Arquiteto Nelson Prochmann e pelo Secretário Leonardo Tiscoski, responsáveis diretos pela compilação das manifestações comunitárias. Os pontos que faltaram poderiam ser anotados e apontados durante ou após a apresentação. 
A Hardt Engemin deveria ter ficado ouvindo para familiarizar-se com o jeito da população araranguaense.tadeusantos.blogspot.com/2010_04_01_archive.html

O Plano Diretor é como uma residência bem projetada, a família a usufrui por vários anos sem aparecer problemas. Por isso que sempre estivemos acompanhando o processo iniciado na década de 2000 em paralelo com o processo de Duplicação da rodovia BR-101, dos quais dois grandes erros foram cometidos com o PD de Araranguá. Primeiro foi a concepção de um projeto contemplando apenas o perímetro urbano (um erro imperdoável com alto custo aos cofres do município) e o segundo erro imperdoável foi do DNIT/MT incluir como medida compensatória a elaboração de planos diretores nas faixas de 200 metros de ambos os lados ao longo da rodovia e mais tarde incluindo a elaboração de todo o município. Para dar prosseguimento a esta empreitada, o órgão federal contratou a CODESC para cuidar da licitação do trecho entre Palhoça e Passo de Torres. Outro grande erro!

A coisa ficou tão complicada na época que a FECAM entrou com uma ação judicial para solucionar o imbróglio entre os dois órgãos governamentais. Quem venceu a licitação foi o Consórcio Hardt Engemin de Curitiba/PR, porém é a empresa Hardt que elabora todos os planos diretores dos 34 municípios, por um valor aproximado de seis milhões de reais. Deste total dois milhões foram gastos com mapas cartográficos, restando quatro milhões para a empresa do qual não sabemos o real nome. Se realmente viessem a cumprir o edital seria pouco para elaborar planos diretores realmente sérios e idôneos, mas como estão ‘’compilando’’, o valor então pode passar a ser alto. Como não temos dados e informações precisas, então não entraremos nesta discussão da correta aplicabilidade do recurso público, mas do péssimo resultado dos planos diretores dos municípios que receberam este verdadeiro ‘’presente de grego’’. 

OBS. I. Vários municípios já levaram ao MPF denúncias sobre flagrantes divergências nas apresentações dos trabalhos do Consórcio Hardt-Engemin.
http://tadeusantos.blogspot.com/2011/02/o-plano-diretor-de-ararangua-em-2011.html

     

                                           USUCAPIÃO 

  SERVIÇOS EM BACKOFFICE PARA ADVOGADOS E PROFISSIONAIS DO RAMO IMOBILIÁRIO

serviço de BACKOFFICE, a advogados e profissionais do ramo imobiliário podem ser consultadas pelo fone (51) 991524291 ou no whatsapp 51 - 998881315

SERVIÇOS COMPLEMENTARES PARA AÇÕES DE USUCAPIÃO, NAS DIVERSAS MODALIDADES

 Levantamento topográfico - Memoriais descritivos - Preparação de Atas - Identificação e cadastramento - Requerimentos - Encaminhamento cartorial - 

 

alinhamentos alinhamentos

DECLARAÇÃO MUNICIPALDECLARAÇÃO MUNICIPAL

IDENTIFICAÇÃO AEREAIDENTIFICAÇÃO AEREA

 

 

 

 

 

 SOLICITE UMA AVALIAÇÃO 51-998881315